Posts com a Tag ‘hoteles en porto de galinhas’

Porto de Galinhas

Porto de Galinhas:
“Chegaram as galinhas-d’angola.” Esta era a senha dos contrabandistas de escravos que aportavam naquela enseada calma e suficientemente distante de Recife para não ser apanhados. Daí o nome Porto de Galinhas. O ** Passeio de Bugue, da praia da Gamboa ao Pontal de Maracaípe tem duas horas de duração. Há passeios ** de jangada a piscinas naturais, com saída da Praia de Porto de Galinhas. A ** Ilha de Santo Aleixo, com acesso por barco, tem duas pequenas praias desertas.
da Gamboa – Tem piscinas naturais e vegetação de mangue. Vista do Porto de Suape e da Foz do Rio Ipojuca. Acesso de bugue ou a pé, a partir de Muro Alto.
Muro Alto – Recifes formam uma piscina natural de 2,5 km de extensão. Acesso de bugue a partir da Praia do Cupe.
do Cupe – Ondas fortes e piscinas naturais durante a maré alta. Areia batida. Perigosa para banhos nos locais desprovidos de recifes.
Porto de Galinhas -Tem 4 km de areia branca e batida, coqueiros, águas transparentes e mornas. Há passeios de jangada para os aquários naturais, formados nos bancos de corais durante a maré baixa.
Maracaípe – Baía com ondas fortes. Sedia etapa do Circuito Brasileiro de Surfe. Perigosa para banho.
Enseadinha – Tem recifes, ondas fracas e vegetação de mangue.
Serrambi – Areia fina e batida. Um condomínio de luxo dificulta o acesso.
das Cacimbas – A principal atração é uma formação rochosa com 50 m de largura junto à praia. Dentro, há uma piscina natural e pequenas grutas.
Toquinho – Ondas fortes, areia fina e batida, com recifes.

Compartilhe no:
  • Orkut